Revelações Interessantes

13° Salário Não Existe!

TODA A POPULAÇÃO MUNDIAL VEM SENDO MANIPULADA E A GRANDE MAIORIA NÃO PERCEBE; PENSAM TER DOMÍNIO DA PRÓPRIA VIDA, QUANDO, NA VERDADE, TÊM SIDO FANTOCHES NAS MÃOS DOS SEUS DOMINADORES.

AS PESSOAS FREQÜENTAM ESCOLAS, IGREJAS, TRABALHAM, COMPRAM, CONSOMEM, CASAM-SE, ASSISTEM TV, VÃO AO CINEMA, AO CLUBE, AO SHOW, VIAJAM E PENSAM SER LIVRES, MAS SÃO ESCRAVAS MENTAIS, PRESAS EM CATIVEIROS ONDE NÃO CONSEGUEM ENXERGAR AS GRADES. UMA PEQUENA AMOSTRA DISSO É O 13° SALÁRIO.

NO INÍCIO DOS ANOS 60, O ADVOGADO CARIOCA AARÃO STEINBRUCH CONSEGUIU APROVAR A LEI TRABALHISTA DE SUA AUTORIA QUE INSTITUI O 13º SALÁRIO. UMA BRILHANTE IDÉIA QUE SERVIU COMO ALICERCE PARA SUA TRAJETÓRIA POLÍTICA QUE O LEVOU ATÉ O SENADO BRASILEIRO.

O TÃO DESEJADO E ESPERADO 13.º SALÁRIO FOI INSTITUIDO PELA LEI N.º 4.090, DE 13 DE JULHO DE 1962, NO GOVERNO DO PRESIDENTE JOÃO GOULART, COM O NOME OFICIAL DE GRATIFICAÇÃO DE NATAL. DE ACORDO COM ESTA LEI, “A GRATIFICAÇÃO CORRESPONDERÁ A 1/12 AVOS DA REMUNERAÇÃO DEVIDA EM DEZEMBRO, POR MÊS, DO ANO CORRESPONDENTE. A FRAÇÃO IGUAL OU SUPERIOR A 15 (QUINZE) DIAS DE TRABALHO SERÁ HAVIDA COMO MÊS INTEGRAL PARA OS EFEITOS DO PARÁGRAFO ANTERIOR”. A LEI N.º 4.749, DE 12 DE AGOSTO DE 1965, AINDA RECOMENDA QUE ELE SEJA PAGO EM 2 PARCELAS: A PRIMEIRA, ENTRE OS MESES DE FEVEREIRO A NOVEMBRO; A SEGUNDA, ATÉ O DIA 20 DE DEZEMBRO.

MUITO SE TEM FESTEJADO DESSE ADICIONAL PECUNIÁRIO NOS VENCIMENTOS DA CLASSE TRABALHADORA DE NOSSO PAÍS, A PONTO DE ENVOLVER A TODOS NUMA HISTÉRICA EXPECTATIVA E ANSIEDADE ATÉ A CHEGADA DO MÊS DE DEZEMBRO. MAS AFINAL, O 13º SALÁRIO EXISTE OU NÃO? QUAL SUA OPINIÃO? A IDÉIA EXISTIU. A LEI EXISTE, MAS O 13º SALÁRIO SIMPLESMENTE NÃO EXISTE, ASSIM COMO O SEU AUTOR QUE FALECEU 1992! VOU EXPLICAR:

NA VERDADE, o 13° NÃO PASSA DE MAIS UMA ARTIMANHA CAPITALISTA PARA ENGESSAR A MENTE DA CLASSE OPERÁRIA. E PARA PROVAR, VAMOS RECORRER À UMA SIMPLES OPERAÇÃO MATEMÁTICA PARA DESVENDAR O SEGREDO:

O POVO RECEBE UM SALÁRIO FIXO POR MÊS, MAS NEM TODOS OS MESES TÊM 30 DIAS OU 4 SEMANAS. ALGUNS MESES TÊM 5 SEMANAS. 7 MESES SÃO DE 31 DIAS.

OBSERVE:

SALÁRIO DE 622, EM 12 MESES = 7.464 + 13º SALÁRIO = 8.086 CORRETO?

POIS BEM, SE AO INVÉS DE RECEBER POR MÊS, VOCÊ RECEBER POR SEMANA, ENTÃO, TEREMOS:

MÊS DE 30 DIAS = 622 => 155,50 POR SEMANA.

1 ANO TEM 52 SEMANAS; LOGO, 155,50 X 52 = 8.086.

ASSIM, VEMOS QUE O TRABALHADOR QUE GANHA 622 DEVE RECEBER 8.086 POR ANO, MESMO SEM O 13° SALÁRIO.

CONCLUSÃO: O POVO NÃO RECEBE NADA MAIS DO QUE O PAGAMENTO PELOS DIAS QUE TRABALHOU.

SIMPLIFICANDO:

QUANTIDADE DE DIAS POR SEMANA: 7

QUANTIDADE DE DIAS POR ANO: 365

QUANTIDADE DE SEMANAS POR ANO:52

OBSERVE O CALENDÁRIO E VERÁ QUE NEM TODO MÊS TEM SOMENTE 4 SEMANAS, E NA SOMA DOS MESES (JANEIRO A DEZEMBRO), O RESULTADO SERÁ 52 SEMANAS. ISTO É FATO.

ENTÃO, VOCÊ RECEBE PELAS 52 SEMANAS QUE TRABALHOU EM UM ANO. NÃO É GRATIFICAÇÃO, NEM BÔNUS, NEM EXTRA, NEM PRÊMIO… NADA DISSO. É SIMPLESMENTE O SALÁRIO PELOS DIAS QUE VOCÊ TRABALHOU NORMALMENTE.

NÃO É POR ACASO QUE OS TRABALHADORES INGLESES, MEMBROS DE UMA SOCIEDADE MAIS AMADURECIDA E CRÍTICA DO QUE A NOSSA, RECEBEM SEUS ORDENADOS SEMANALMENTE.

ECONOMISTAS AFIRMAM QUE A MANEIRA MAIS JUSTA DE SE RECEBER É SEMANALMENTE OU DIARIAMENTE.

VOCÊ PODE ALEGAR QUE ESSA CONTA ESTÁ ERRADA PORQUE EU USEI PARÂMETROS INCORRETOS, JÁ QUE RECEBEMOS POR MÊS E NÃO POR SEMANA, MAS, EM PRIMEIRO LUGAR, NÃO IMPORTA SE RECEBEMOS POR SEMANA OU POR MÊS, DEVEMOS SER PAGOS PELOS 365 DIAS TRABALHADOS (DE ACORDO COM A LEI, DOMINGOS E FERIADOS TAMBÉM DEVEM SER REMUNERADOS). ISSO INCLUI OS 7 MESES DE 31 DIAS (JANEIRO, MARÇO, MAIO, JULHO,AGOSTO,OUTUBRO E DEZEMBRO). A CONTA NÃO PODE RESULTAR EM VALORES DIFERENTES, POIS UM ANO TEM 365 DIAS = 52 SEMANAS. SE NÃO SOMOS PAGOS POR TODOS OS DIAS TRABALHADOS, ESTAMOS SENDO LESADOS.

EM SEGUNDO LUGAR, DE ACORDO COM A LEI, A JORNADA DE TRABALHO NÃO PODE EXCEDER AO LIMITE DE 40 HORAS SEMANAIS. O QUE PASSAR DISSO ESTARÁ CARACTERIZANDO HORA EXTRA, QUE DEVERÁ SER REMUNERADA ENTRE 25% E 50% SUPERIOR À HORA NORMAL, DE SEGUNDA A SÁBADO; 100% AOS DOMINGOS E O DOBRO NOS FERIADOS.

– LEI 605/49 ART. 9º “AS ATIVIDADES EM QUE NÃO FOR POSSÍVEL, EM VIRTUDE DAS EXIGÊNCIAS TÉCNICAS DAS EMPRESAS, A SUSPENSÃO DO TRABALHO, NOS DIAS FERIADOS CIVIS E RELIGIOSOS, A REMUNERAÇÃO SERÁ PAGA EM DOBRO, SALVO SE O EMPREGADOR DETERMINAR OUTRO DIA DE FOLGA.” ASSIM, AS HORAS EXTRAS NESSES DIAS OU DIA DE DESCANSO (SÚMULA 461 DO TSF) DEVEM SER CALCULADAS COM 100% A MAIS DAS HORAS COMUNS.

O ART. 59 DA CLT DETERMINOU QUE A PRORROGAÇÃO DE JORNADA DE TRABALHO NÃO POSSA SER SUPERIOR A 2 (DUAS) HORAS DIÁRIAS. ISSO PORQUE A JORNADA NORMAL MÁXIMA É 8H00 DIÁRIA E COM A ESPECIAL (PRORROGAÇÃO E COMPENSAÇÃO) DE ATÉ 10H00, NÃO SENDO PERMITIDO QUE A SOMA ULTRAPASSE O LIMITE MÁXIMO DESSA JORNADA.

“A DURAÇÃO NORMAL DO TRABALHO PODERÁ SER ACRESCIDA DE HORAS SUPLEMENTARES, EM NÚMERO NÃO EXCEDENTE DE 2 (DUAS), MEDIANTE ACORDO ESCRITO ENTRE EMPREGADOR E EMPREGADO, OU MEDIANTE CONTRATO COLETIVO DE TRABALHO”

O EMPREGADO DEVE TRABALHAR 44H00 SEMANAIS (SEGUNDA-FEIRA A SÁBADO), PODENDO ESSE PERÍODO SER DIVIDO POR 5 (CINCO) DIAS NA SEMANA (SEGUNDA-FEIRA A SEXTA-FEIRA), DEIXANDO O EMPREGADO DE TRABALHAR NO SÁBADO, CARACTERIZANDO A COMPENSAÇÃO.

ESTE É O PARÂMETRO LEGAL. QUEM CALCULA POR SEMANA É A PRÓPRIA LEI.

SE VOCÊ CALCULAR POR MÊS, TAMBÉM VAI PERCEBER QUE RECEBE MENOS DO QUE DEVERIA:

SALÁRIO MENSAL = 622, ENTÃO, DIÁRIA (DE 8 HORAS) = 20,73

DIÁRIA 20,73 X 365 (DIAS POR ANO) = 7.567,67 POR ANO, MAS VOCÊ SÓ RECEBE 7.464 POR ANO. SÓ AQUI JÁ HÁ UM PREJUÍZO DE 103,67. ISSO SEM CONTAR O ANO BISSEXTO (QUANDO O MÊS DE FEVEREIRO TEM 29 DIAS, O ANO TEM 366 DIAS), O DSR (DESCANSO SEMANAL REMUNERADO), AS HORAS EXTRAS (PARA QUEM TRABALHA MAIS QUE 8 HORAS POR DIA OU 40 HORAS POR SEMANA), QUE PODEM CHEGAR AO DOBRO DO SALÁRIO, E ETC.

VIU COMO UM SIMPLES CÁLCULO MATEMÁTICO QUE QUALQUER CRIANÇA QUE ESTEJA CURSANDO O ENSINO FUNDAMENTAL PODE FAZER TEM SIDO USADO HÁ ANOS PARA ENGANAR O POVO BRASILEIRO?

E O PLANO DEU CERTO, POIS, AS PESSOAS TRABALHAM O ANO INTEIRO E ACREDITAM ATÉ HOJE QUE O 13° SALÁRIO É UM PRÊMIO EXTRA QUANDO, NA VERDADE, ELE NÃO É NADA MAIS DO QUE O PAGAMENTO PELOS DIAS QUE ELAS TRABALHARAM, ASSIM COMO NOS OUTROS MESES, SÓ QUE, NOS MESES QUE TÊM 31 DIAS OU 5 SEMANAS, ELAS NÃO RECEBEM PELOS DIAS A MAIS QUE ELAS TRABALHAM E ESSE DINHEIRO SÓ É PAGO NO FINAL DO ANO.

SE ELAS NÃO RECEBESSEM ESTE DINHEIRO, ELAS ESTARIAM TRABALHANDO DIAS A MAIS DE GRAÇA, ENTÃO, ELES SIMPLESMENTE SEGURAM A REMUNERAÇÃO PELOS DIAS QUE ELAS TRABALHARAM A MAIS DURANTE O ANO INTEIRO E SÓ PAGAM EM DEZEMBRO.

NÃO É BÔNUS NEM ADICIONAL; ELAS TRABALHAM 52 SEMANAS E RECEBEM PELAS 52 SEMANAS, MAS MESMO ASSIM FICAM FELIZES, ACHANDO QUE RECEBEM UM DINHEIRO EXTRA NO FINAL DO ANO.

AS PESSOAS SÃO FACILMENTE ENGANADAS E FICAM FELIZES ACREDITANDO QUE O 13° SALÁRIO É UM DINHEIRINHO EXTRA, QUANDO, NA VERDADE, ELE NÃO EXISTE.

ISSO É SÓ UMA AMOSTRA BEM PEQUENINA DE QUE AS PESSOAS SÃO MANIPULADAS E NEM PERCEBEM. HÁ COISAS MUITO PIORES; COISAS ASSUSTADORAS, MAS AS PESSOAS ESTÃO DORMINDO; ESTÃO COMO ZUMBIS; ESTÃO HIPNOTIZADAS, NUMA ESPÉCIE DE TRANSE, FAZENDO TUDO O QUE OS SENHORES DO MUNDO QUEREM. SÃO ESCRAVAS MESMO! MAS CONTINUAM VIVENDO SUAS VIDAS, SENDO COMPLETAMENTE MANIPULADAS COMO MARIONETES NA MÃO DO SISTEMA, E ACREDITANDO QUE SÃO LIVRES.

POR FAVOR, ACORDE!

GIZELI RIBEIRO

Anúncios

6 Respostas

  1. Sano

    Muito bom

    09/05/2011 às 01:59

    • Henrique Ale

      Está equivocado, aprenda a fazer as contas, pois nós trabalhamos por mês (30 dias) e não por semana (28 dias), as suas contas acima estão erradas, pois foi usado parâmetros incorretos.

      25/10/2011 às 14:14

      • Gizeli Ribeiro

        Henrique, em primeiro lugar, independentemente de sermos pagos por mês ou por semana, devemos receber por todos os dias que trabalhamos, senão, estaremos sendo lesados. 7 meses do ano (janero, março, maio, julho, agosto, outubro e dezembro) tem 31 dias e nós trabalhamos também nesses dias. O ano tem 365 dias (o bissexto tem 366), o que equivale a 52 semanas. Isso é fato! Nós trabalhamos todas as 52 semanas e temos o direito de receber por isso. Se não recebermos, estaremos fazendo trabalho escravo e o empregador estará praticando enriquecimento ilícito.
        Em segundo lugar, eu usei o parâmetro legal, pois a própria lei calcula a jornada de trabalho por semanas.
        Amado, fazer contas do modo que o sistema nos ensinou, para nos enganar, todos nós já aprendemos. O que precisamos fazer agora é aprender a raciocinar; sair da matrix; precisamos deixar de ser teleguiados e nos libertar dessa prisão de grades invisíveis.
        Shalom!

        03/01/2012 às 17:48

  2. Nelson Macule

    Sabe cara,eu tou falando de moçambique,a tua explicação esta mais que clara,so nao percebe quem nao quer.
    eu to utrabalhando numa empresa com cerca de 1025 funcionarios eo salario minimo é de cerca de 320 reais o maximo declarado é de 10000 reais. segundo as estimativas o patrao teria que gastar por ai 2 milhões de reais para salario.dai conclui que nenhum patrao ofereceria tanto dinheiro assim anualmente.
    Veja uma coisa,é possivel um patrão perder por ai 2 milhões de reais assim do nada se as vezes é penalizado a fugir obrigações fiscais de valores tao baixos que isso.

    25/10/2011 às 13:38

    • Gizeli Ribeiro

      Nelson, fico muito feliz ao ver que há pessoas, como você, que estão despertando. Abraços! Shalom!

      03/01/2012 às 17:49

  3. ricardo cruz

    Mensagem de Deus

    •ATOS (cap. 15)•
    29 Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição; e destas coisas fareis bem de vos guardar. Bem vos vá.

    •ATOS (cap. 21)•
    25 Todavia, quanto aos gentios que têm crido já escrevemos, dando o parecer que se abstenham do que é sacrificado aos ídolos, do sangue, do sufocado e da prostituição.

    •I CORINTIOS (cap. 8)•
    1 Ora, no tocante às coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que todos temos ciência. A ciência incha, mas o amor edifica.

    •I CORINTIOS (cap. 8)•
    4 Quanto, pois, ao comer das coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo nada é no mundo, e que não há outro Deus, senão um só.

    •I CORINTIOS (cap. 8)•
    10 Porque, se alguém te vir a ti, que tens ciência, reclinado à mesa em templo de ídolos, não será induzido, sendo a sua consciência fraca, a comer das coisas sacrificadas aos ídolos?

    •APOCALIPSE (cap. 2)•
    14 entretanto, algumas coisas tenho contra ti; porque tens aí os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel, introduzindo-os a comerem das coisas sacrificadas a ídolos e a se prostituírem.

    •APOCALIPSE (cap. 2)•
    20 Mas tenho contra ti que toleras a mulher Jezabel, que se diz profetisa; ela ensina e seduz os meus servos a se prostituírem e a comerem das coisas sacrificadas a ídolos;

    É abominação a Deus comermos coisas sacrificadas aos ídolos

    A literalidade na interpretação dessa veemente orientação de Deus impede, para muitos, o verdadeiro entendimento desejado pelo Pai.

    Em toda a Escritura Sagrada, e especificamente no Novo Testamento, repetem-se mensagens de abominação a Deus sobre o que é sacrificado aos ídolos e louvado pela ignorância do seu povo.

    Seguem fiéis encobertos pela burla do inimigo consumindo o que é sacrificado, comendo da carne oferecida ao maligno sem imaginar o que faz.

    Deus não repetiria a mensagem tantas vezes, caso o risco estivesse restrito ao consumo de alimentos por parte do homem.

    O princípio geral é que todos os alimentos são puros (Marcos 7:19), estando o que é impuro, restrito demais para conter a literalidade na interpretação da explícita mensagem.

    A exegese leva a descobrir o que realmente quis Deus dizer aos seus filhos com as intensas declarações de perigo.

    Para iniciar o caminho da compreensão deve-se substituir o verbo comer por consumir e assim promover-se uma visão mais ampla sobre o risco que tem corrido o homem.

    O entendimento se expande quando o termo sacrifício é percebido como algo ‘oferecido em louvor a’.

    Ou seja, o ato de sacrificar é oferecer solenemente a uma divindade coisas validadas pela ovação, pela adesão, pelo apoio maciço dos homens.

    Torna-se assim o engano – pela morte das almas dos filhos de Deus – o maior sacrifício oferecido nesses rituais.

    Finalmente para se compreender além da literalidade o que pretende o Criador exortar, deve-se confirmar o mais evidente: quem são os ídolos tão combatidos pelas Escrituras Sagradas.

    É Satanás e suas hostes e potestades, demônios, anjos caídos, espíritos das trevas, criaturas da morte, serpentes do pecado que enganam o homem desviado de Deus com suas propostas tentadoras para a carne, para a mente, para o maligno tocado.

    Vê-se que “comer coisas sacrificadas aos ídolos” esclarece-se em “consumir o que é oferecido em louvor a Satanás”.

    A tarefa seguinte na interpretação do que deseja o Soberano em sua fervorosa admoestação, está em compreender como pode o homem estar consumindo o que é oferecido ao inimigo, com sua aprovação e entusiasmo, sem saber que o faz.

    A resposta é simples e aterradora: aderindo a tudo que é popular no mundo.

    Óbvio! Esse é o reino do mal, tudo o que reverbera com sucesso por aqui está necessariamente em sintonia com o comando maligno, portanto, os que têm fé absoluta na Palavra do Pai devem ter convicção inequívoca da autenticidade do que Ele profere.

    Não há qualquer espaço além do estreito e único caminho da verdade eterna por onde segue seu povo, guiado pela graça.

    Analise agora o que comanda a atenção do homem desviado de Deus.

    Tudo é resultado do maligno plano mundano que rouba almas de Deus e as sacrifica para os ídolos (Satanás).

    A tese pode agredir a conformidade mental do homem, totalmente dominado pelas ilusões e mentiras dos comandantes desse mundo.

    Jamais será possível concordar com a verdade senão pela exclusiva vontade do Pai Eterno.

    Afaste-se da máquina intelectual para a compreensão; use apenas seu coração, seu sentimento de verdade, seu espírito ungido.

    Deus institui que orientações como essa sejam produzidas para retomar filhos das mãos inimigas.

    Bilhões de almas perdidas na carne estão nesse instante comendo coisas sacrificadas ao louvar ídolos no cinema, na TV, na música, no esporte, na literatura, na ciência, na religião, na política, na economia, em suas casas, nas ruas, em suas mentes, desde suas celas irreconhecíveis.

    Entre medos e desejos, passado e futuro predestinam-se à morte eterna.

    A cruel previsão é insignificante se comparada à maldade que não conseguem reconhecer em seus corpos mortificados.

    Que esse texto produza, pelo poder do Espírito Santo, em nome do Filho do Altíssimo, o avivamento que espera os agraciados.

    Apartam-se, neguem-se e nasçam de novo.

    Anônimo
    (não foi permitida ao autor a ameaça inimiga de assumir a imerecida autoria da mensagem)

    14/11/2011 às 00:08

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s